VARIAÇÃO LINGUÍSTICA/ COESÃO/ REVISÃO/ CORREÇÃO

Professora: Rosália A. Ramos

Turma: 2º Ano – EJA

Data: 15/04/2021

Correção/ Revisão

Atividades Complementares: Variação Linguística/ Coesão Textual

Tema / Tópico(s): Textualização do discurso argumentativo

Boa noite, queridos (as) alunos (as)!

Na aula de hoje farei a correção e ao mesmo tempo uma revisão das Atividades Complementares dos dias 10 e 13/04/2021, embora já tenha corrigido as atividades, para aqueles que me enviaram. Não deixem atividades erradas no caderno, façam as correções necessárias.

Correção da Atividade Complementar do dia 10/04/2021 – Sábado Letivo

Variação Linguística

1) Qual o significado da expressão “Só pra poder curtir”?

“Só para poder curtir” estaria relacionado com o fato de que a garota mencionada queria apenas sair de casa, passear, conhecer outros ares, se divertir em outros lugares. Ou seja, sair da conjuntura em que a mesma se encontrava para aproveitar os prazeres que a vida pode proporcionar.  Aproveitar, divertir-se.

2) Que sentido a palavra “malandramente” dá a história contada na música?
“Malandramente” teria um sentido de sagaz, perspicaz, inteligente, astuta e derivados.

3) Que variedade linguística está presente nesta música?
As principais variedades linguísticas presentes seria a linguagem coloquial ou informal e a do regionalismo.

4) Qual o significado da expressão “Nós se vê por aí”, ou seja, onde se refere a palavra “aí” nesta música?

A palavra “aí” teria como referência algum local em que os mesmos já tivessem se encontrado antes, ou não o que poderia acontecer sem ser de maneira intencional. Refere-se a qualquer lugar.

5) Retire desta música palavras ou expressão consideradas gírias?

 “Meteu o pé para casa” é uma gíria para dizer que a pessoa foi embora para sua casa; “Malandramente” seria a pessoa espertinha.

Atividade Complementar do dia 13/04/2021 – Terça- feira

Coesão Textual

Questões

Questão 1

No texto a seguir há um trecho que, se tomado literalmente (ao pé da letra), leva uma interpretação absurda.

Um cadáver morto foi encontrado boiando em canal.”

   (Folha de S. Paulo, 2 nov. 1990.)

a) Identifique o trecho problemático.

“cadáver morto”

b) Diga qual a interpretação absurda que se pode extrair desse trecho.

Como pode um cadáver morto?

c) Qual a interpretação pretendida pelo autor?

Foi encontrado alguém morto boiando.

d) Reescreva o trecho de forma que deixe explícita tal interpretação.

Um cadáver foi encontrado boiando em canal.

Ainda ficou ainda dúvida? Assista está videoaula elaborada Pela Professora Maria Beatriz – Brasil Escola. Considerando a dinamicidade da língua portuguesa, não se pode negar a importância do estudo das variedades linguísticas. Nesta videoaula, analisaremos, na prática, como são apresentadas as questões sobre esse conteúdo. Confira!

Havendo qualquer dúvida, estou à disposição. Conte comigo!

rosália.ramos@educacao.mg.gov.br

“Até breve!”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

(2) Comentários

Deixe uma resposta

Atenção: Preencha todos os campos e informe seu nome completo!